sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Um pouco sobre o magnifico Estêvão da Silva

O pranteado artista Estêvão Silva, por Pereira Neto.
Estêvão Roberto da Silva (Rio de Janeiro, c. 1844 - Rio de Janeiro, 9 de novembro de 1891) foi um importante pintor, desenhista e professor brasileiro da segunda metade do século XIX. Primeiro pintor negro de destaque formado pela Academia Imperial de Belas Artes, notabilizou-se por suas naturezas-mortas, sendo considerado um dos maiores expoentes da arte brasileira no gênero.



VIDA E OBRA 
Natureza-morta (1891). 
Pintura de Estêvão Silva no Museu Afro BrasilSão Paulo.
Iniciou seus estudos na Academia Imperial de Belas Artes, no Rio de Janeiro, onde foi contemporâneo dos pintores Almeida Júnior,Rodolfo Amoedo, Belmiro de Almeida, Antônio Firmino Monteiro e do escultor Rodolfo Bernardelli. Foi muito influenciado por Agostinho José da Mota, destacado pintor de naturezas-mortas, com quem teve aulas na Academia. Especializou-se na pintura de frutos e flores, que constitui parte substancial de sua obra.

Na década de 1880, liga-se ao Grupo Grimm, identificando-se com a proposta inovadora de seus membros à época: o estudo da natureza através da observação direta e a pintura ao ar livre. Não chegou, entretanto, a romper com os padrões estéticos da Academia. Além de naturezas-mortas, executou alguns retratos (como o do pintor Castagneto) e pinturas de temas históricos (A Lei de 28 de setembro), religiosos (São Pedro) e alegóricos (A Caridade), entre outros.
 





 Essa é minha contribuição, espero que tenham gostado. A intenção era conhecermos mais sobre o pintor tema do dia, e vermos outras obras assinadas por ele, inclusive algumas que estão em exposição no nosso museu. Agradeço a atenção. 
Abraço,
Até.
(Alexandra Toretto)